Brasil - Quinta, 27 Abril 2017

Maior Aproximação de Marte

Numa noite de verão em 1766, Benjamin Franklin pode ter percebido que Marte parecia diferentemente grande. Em 1845, Edgar Allan Poe poderia ter olhado para cima e percebido que a estrela cor de sangue havia crescido. Mais recentemente, em 1924, F. Scott Fitzgerald poderia ter parado uma festa de Jazz para observar o ponto brilhante que fazia o seu caminho cruzando o céu.

 

Durante cada uma destas noites de Agosto, Marte e a Terra estiveram distantes cerca de 56 milhões de km (menos que 35 milhões de milhas).

 

Mas desde a época em que os Neanderthais viviam que a Terra e Marte não estavam tão próximos como neste 27 de agosto de 2003, às 9:51 Hora Universal (a hora em Greenwich, Inglaterra) - 6:51 Hora de Brasília -- 55.758.006 km (34.646.418 milhas) de centro a centro. Esta é a maior aproximação dos dois planetas em quase 60.000 anos!

 

A NASA e a Agência Espacial Euroéia tiraram vantagem da relativa proximidade de Marte para mandar espaçonaves para o planeta. Astrônomos amadores terão a sua melhor oportunidade - caso o tempo na Terra e Marte permitam -- para dar uma boa olhada no nosso vizinho celeste.

 

Esta é a maior aproximação que os dois planetas terão até 28 de Agosto de 2287! Como estará a Terra daqui a três séculos? Haverá pessoas morando em Marte quando uma Terra diferentemente grande aparecer com o sol da manhã?

 

veja Oposição de Marte

Texto original da NASA (http://mars.jpl.nasa.gov/allabout/nightsky/nightsky02.html)
Artigo traduzido por Luis Gustavo Gabriel

 

Próximo artigo | Artigo anterior

Anúncios





Notícias
Direitos Reservados | Astronomia na Web 1996-2017