Brasil - Quinta, 27 Abril 2017

Hubble Captura Auroras Duplas em Saturno

traduzido por Luis Gabriel

15 FEV 2010 -   Em janeiro e março de 2009, astrônomos usando o Telescópio Espacial Hubble da NASA aproveitaram a rara oportunidade de filmar Saturno quando os seus anéis estavam diretamente apontados para a Terra, o que resultou num filme original mostrando a luz quase simétrica em ambos os pólos do planeta gigante. Saturno leva quase trinta anos para orbitar o Sol, e a oportunidade de visualizar seus pólos simultaneamente ocorre apenas duas vezes durante esse tempo. As luzes que aparecem, são chamadas auroras, e são produzidas quando partículas eletricamente carregadas percorrem o campo magnético ao longo do planeta em direção à atmosfera superior, onde excitam gases atmosféricos, fazendo-os brilhar. As auroras de Saturno se assemelham aos mesmos fenômenos que ocorrem nos pólos da Terra.

Os dados de 2009 da Advanced Camera for Surveys utilizados neste filme permitiram aos astrônomos acompanhar o comportamento dos pólos de Saturno no mesmo instante durante um longo período de tempo e de analisar as luzes do norte e do sul do planeta simultaneamente. A aurora oval do norte parece ser um pouco menor e mais intensa que a do sul, o que implica que o campo magnético de Saturno não é igualmente distribuído por todo o planeta, e é um pouco desigual e mais forte no norte do que no sul.

 

Além da vista das duas auroras, algumas luas de Saturno, ou satélites, são vistas passando sobre o disco do planeta.

Crédito: NASA, ESA, e J. Nichols (University of Leicester)| Texto traduzido por Luis Gabriel

Anúncios





Notícias
Direitos Reservados | Astronomia na Web 1996-2017